RESIALENTEJO

RESIALENTEJO_1

 

A Resialentejo – Tratamento e Valorização de Resíduos, EIM é uma empresa intermunicipal (empresa pública) criada pela AMALGA – Associação de Municípios Alentejanos para a Gestão do Ambiente, em maio de 2004, e desde junho desse ano que é responsável pelo Sistema de Tratamento e Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) do Baixo Alentejo.

O seu capital social é de 7.116.074,44€.

A Resialentejo dá destino final aos resíduos indiferenciados (resíduos que não são separados) provenientes da recolha municipal e dos materiais recicláveis depositados nos ecopontos/ecocentros e da recolha municipal dos concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa, que no total corresponde a uma área geográfica de 6.650 Km2 e cerca de 95.866 habitantes (Censos 2011).

A sede da empresa e as principais infra-estruturas para o tratamento de resíduos encontram-se localizadas no Parque Ambiental da AMALGA, sendo estas: o Aterro Sanitário e o Centro de Triagem.

Nos concelhos de Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa a empresa dispõe ainda de 5 Ecocentros, 4 Estações de Transferência e uma rede de 476 ecopontos.

A RESIALENTEJO é Associada Fundadora da ESGRA desde Novembro de 2009.