Monthly Archives: Outubro 2016

  • 0

eco.nomia – Portal da Economia Circular

lancamento

No dia 21 de outubro a ESGRA marcou presença no lançamento do portal eco.nomia, pelo Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

O portal ECO.NOMIA é uma das componentes do plano de ação do Ministério do Ambiente, assumindo-se como espaço de partilha de conhecimento, divulgando junto de consumidores e empresas as vantagens e oportunidades de financiamento e lançando um fórum de interação para projetos colaborativos de investimento em Economia Circular.

menu

roda-ec

No eco.nomia é feito um enquadramento do conceito Economia Circular, bem como um resumo de algumas definições, estratégias e políticas europeias, para adoção do Pacote EC, de dezembro de 2015.

Ao clicar em “exemplos”, encontram-se casos específicos de empresas / entidades que assumem ter em curso modelos de negócio baseados em princípios de reutilização, reciclagem e recuperação de produtos e integrados em categorias, assim catalogadas:

  • Design e eco-conceção;
  • Produção limpa / ecoeficiência;
  • Novos modelos de negócio e desmaterialização;
  • Extensão do ciclo de vida, reutilização, remanufatura, recondicionamento;
  • Valorização de subprodutos de resíduos;
  • Simbioses industriais (urbanas, locais, regionais);
  • Sensibilização e envolvimento social.

Em “oportunidades” apresentam-se empresas / entidades que se poderão eventualmente constituir como parceiras de negócio, em todos os setores de atividade.

O Portal pretende também disponibilizar uma área de “recursos” e apresenta diversas notícias um calendário de eventos.

log-in

Efetuando o registo no eco.nomia é possível ao utilizador, nomeadamente, registar eventos, participar no fórum de comunicação (“BULLETIN BOARD”) que permite a divulgação de curtas mensagens de expressão de interesse para parcerias em torno de estratégias e oportunidades de circularidade e submeter exemplos de projetos / modelos de negócio orientados para a circularidade.


  • 0

Revista de Imprensa: Óleo alimentar usado mais caro que virgem

Em Jornal Expresso

1 de outubro de 2016

Regulador dos Combustíveis denuncia situação que resulta dos incentivos à produção de biodiesel

A compra de óleos alimentares usados destinados à produção de biocombustíveis em Portugal disparou no primeiro semestre de 2016, ultrapassando as 39,54 mil toneladas, muito mais que a quantidade adquirida em todo ano anterior, revelou ao Expresso a Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC). Em 2015, Portugal tinha comprado um total de 34,48 mil toneladas de óleos usados para produzir o biocombustível FAME incorporado no gasóleo. A ENMC explica que este aumento das aquisições de óleos usados fez disparar o valor dos óleos usados para “níveis superiores aos praticados para os óleos virgem”.

noticia-expresso-imagem


  • 0